terça-feira, 29 de maio de 2012

OS COMETAS


Os cometas são astros muito curiosos, por vezes espectaculares, que circulam dentro do Sistema Solar. Por isso, chamam-lhes "vagabundos", ou "viajantes do Sistema Solar". 
Orbitam em volta da estrela, como fazem a Terra e os outros planetas. Mas também como os pequenos corpos da Cintura de Asteróides que gravitam entre Marte e Júpiter e os dois outros descomunais conjuntos de pequenos astros, que se encontram para além de Plutão.
Alguns asteróides que circulam pelo Sistema Solar são, provavelmente, velhos cometas que perderam toda a sua matéria volátil ao longo de milhões de anos de aproximações ao Sol.
Uns e outros são oriundos dos referidos conjuntos que se encontram para além de Plutão: a Cintura de Kuiper e a Nuvem de Oort, já imensamente distante do Sol. Esta última vai até a mais de meio caminho entre nós e a estrela mais próxima, a α de Centauro.
Basicamente, um cometa é um corpo de pequenas dimensões (até algumas dezenas de quilómetros de comprimento), que tem um núcleo sólido revestido por compostos gelados.
Quando se aproxima suficientemente do nosso astro-rei – numa das suas viagens orbitais – aquece, libertando parte dos seus voláteis. Algumas vezes, é possível observá-los a olho nu, desde a Terra e podem proporcionar grandes espectáculos visuais.
Para os romanos eram os astrum barbatum. E, no nosso país, eram conhecidas por "estrelas de rabo", para os mais antigos. Os chineses mais remotos viam-nos como pincéis, os hui, com que desenham as suas letras (o que é uma tradição milenar) e, certos povos guerreiros associavam as suas formas às armas que utilizavam!

terça-feira, 22 de maio de 2012

Ophiuchus, ou Serpentário

.
Ophiuchus, ou Serpentário (ver postagem anterior), é uma constelação localizada no Hemisfério Sul e, segundo o que foi determinado, em 1930, pela União Astronómica Internacional, pertence à roda do Zodíaco, pois se encontra na região zodiacal, cruzando a elíptica, entre Escorpião e Sagitário. 
Desde então, os astrólogos discutem se a constelação deve representar um Signo, embora os astrónomos pura e simplesmente ignorem essas discussões, por as considerarem sem qualquer valor.                         
É representada por uma serpente, nas mãos dum homem. Na constelação há uma importante estrela, a Estrela de Barnard, que está bem próxima do Sol, a 6 anos-luz, embora seja invisível à vista desarmada. É uma anã, de pouca massa e actividade. Nela também se encontram cinco aglomerados de estrelas - M9, M10, M12, M14 e M107.

sábado, 5 de maio de 2012

ASTRONOMIA E ASTROLOGIA


OS CÉUS ESTÃO MUDADOS
.
Os céus estão mudados e com eles a sorte dos humanos!
Segundo observações e estudos de eminentes astrónomos da Minnesota Planetarium Society, nos Estados Unidos, a configuração do céu já não é aquela que nos fazem crer os astrólogos. Quer isto dizer que as previsões que eles fizerem, baseando-se no mapa antigo dos signos… estão forçosamente erradas! E isto porque um dos movimentos que a Terra tem, vem sistematicamente desalinhando a posição que vemos das estrelas do céu. Esse desalinhamento é muito lento, em termos de vida humana, mas o suficiente para deslocar as constelações, relativamente a nós, desde que a astrologia foi inventada, na antiga Bibilónia.
Mas dizem mais os astrónomos: O Zodíaco deveria ser dividido em 13 constelações (portanto, 13 Signos do Zodíaco) e não as doze actuais.
Ao princípio, onde tudo isto foi inventado, havia também a constelação do Serpentário (simbolizado por uma cobra) e respectivo signo, e assim é que estava certo!
Eis, segundo a astronomia a sequência e datas dos signos, ou seja, onde está o Sol na projecção que vemos, em relação às constelações:
-
Capricórnio: de 20 de janeiro a 16 de fevereiro
Aquário: de 16 de fevereiro a 11 de março
Peixes: de 11 de março a 18 de abril
Carneiro: de 18 de abril a 13 de maio
Touro: de 13 de maio a 21 de junho
Gêmeos: de 21 de junho a 20 de julho
Caranguejo: de 20 de julho a 10 de agosto
Leão: de 10 de agosto a 16 de setembro
Virgem: de 16 de setembro a 30 de outubro
Balança: de 30 de outubro a 23 de novembro
Escorpião: de 23 a 29 de novembro
Serpentário: de 29 de novembro a 17 de dezembro
Sagitário: de 17 de dezembro a 20 de janeiro