segunda-feira, 6 de março de 2017

O Sistema Solar

A Royal Astronomical Society revelou que um grupo de astrofísicos divulgou um estudo sobre objectos espaciais de origem idêntica à de outros planetas, que se encontram para além de Neptuno, e concluiu que há um comportamento anormal nas suas distâncias (à Terra), e nas suas velocidades.

Isso sugere a existência de planetas de grandes dimensões, para lá do referido planeta. A força gravitacional desses objectos (até hoje desconhecidos), estaria na origem dessas discrepâncias.
Trata-se duma situação parecida com a que levou Le Verrier (1811-1877) a estabelecer, definitivamente, a existência de Neptuno, a partir das discrepâncias que encontrou na órbita de Saturno.
Assim, o nosso sistema planetário teria, pelo menos, mais dois planetas. E, a ser verdade, o facto provocará uma autêntica revolução no modelo hoje aceite, para o Sistema Solar.