DILEMA

https://youtu.be/K_sAgzRbMu4

quinta-feira, 19 de junho de 2008

.
O SOLSTÍCIO DE VERÃO
.
Vista Geral de Tambores do Vale
.

Solstícios são os momentos em que o Sol atinge o seu maior afastamento em relação ao equador terrestre e acontecem duas vezes por ano: em Dezembro e em Junho, iniciando o Inverno ou o Verão. Não acontecem sempre nas mesmas datas, devido aos anos bissextos terem mais um dia.

Neste ano de 2008, o início do Verão é às 23horas e 57 minutos do dia 20 de Junho.

No nosso hemisfério, no dia do Solstício de Verão, a duração do dia atinge o seu máximo, enquanto que a noite é a mais pequena. No hemisfério sul, as situações invertem-se.

Este fenómeno é responsável pela existência (virtual) dos trópicos. No hemisfério norte, o Sol encontra-se a pino, sobre a linha que define o trópico de Câncer.

A data é festejada desde a Antiguidade, um pouco por todo o lado.
Já os Romanos a festejavam, em honra da deusa Vesta (a personificação do fogo sagrado) e, posteriormente, quando Roma se cristianizou, passou a culto a S. João Baptista. João Baptista, para os Cristãos é o testemunho da Luz, o Baptismo, ou seja, a Renovação.
Em Portugal, como já vai sendo hábito, haverá celebrações em em Foz Côa, onde se encontra um antiquíssimo altar, em pedra, na zona castreja de Chãs, provavelmente da mesma origem das célebres gravuras de Foz Côa. Essa Pedra do Solstício tem uma forma arredondada e o culto (julga-se, muitíssimo antigo) consubstancia-se pela maneira como os raios solares parecem tocar a pedra, no momento do Solstício.
Um dos pontos alto dos festejos, é no dia 21, com a participação da Associação Cultural Pagã e os Grupos de Gaiteiras (Las Trailarailas) e Pauliteiros de Duas Igrejas, Miranda do Douro, após o que haverá um arraial popular.

Mas também em vários outros pontos do país o solstício de Verão vai ser assinalado. Especial referência para a recriação da experiência do grego Eratóstenes - que permitiu determinar o perímetro da Terra. Essa recriação está a cargo dos centros Ciência Viva de Estremoz e de Constância, entre as 10 e as 15 horas de Sábado.

Eratóstenes, um geógrafo e matemático que viveu há mais de 2000 anos, utilizou as sombras projectadas pelo Sol em dois locais do actual Egipto e simples cálculos geométricos, para determinar as principais medidas da Terra.

Postar um comentário