terça-feira, 17 de setembro de 2013

GRANDES COMETA DA HISTÓRIA (I)


No ano de 1882 assistiu-se à passagem dum Grande Cometa.
Hoje, pelas informações de que se dispõe, crê-se que terá atingido um brilho maior que o brilho da Lua Cheia! A sua cauda estendia-se por 30º, no céu.
Foi observado desde Setembro desse ano e ainda foi visto até meados de Fevereiro. É tido como o mais brilhante da História.
Para esse facto raro, contribuiu decisivamente o ter passado a cerca de 430 mil Kms do Sol (uma distância semelhante à que nos separa da Lua). Mas, por essa mesma razão, fragmentou-se em 5 pedaços, devido ao enorme efeito de maré, provocado pela colossal força gravítica do Sol.  
A passagem no periélio, quando é muito perto do Sol, pode provocar essa fragmentação, e isto pode acontecer ao esperado ISON, no final de Novembro.
Esse cometa de 1882 (ou parte dele...), só deverá estar de volta ao interior do Sistema Solar, em 2642.
Postar um comentário