DILEMA

https://youtu.be/K_sAgzRbMu4

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

UM POEMA


.
Clicar, se necessário.

9 comentários:

valvesta disse...

Querido amigo boa tarde

Como está o clima ai da lua?
Daqui do meu ínfimo desejo um bom receptáculo lunar.
beijinhos

Anônimo disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do blog Seara de Versos. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Eu sei que é ridículo da minha parte te mandar essa propagando control c control v, mas sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas no blog da Lídia Borges, ela inclusive é seguidora do meu blog, claro que ela faz isso mais por gentileza do que pela qualidade do meu texto, mas estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs


Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

PS: Essa moça bonita ai encima aceitou meu convite...rs

val du disse...

Bonito demais.:)

valvesta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Je Vois la Vie en Vert disse...

Olá amigo,

Não sentes a solidão vivendo na lua ?

Deve ser um sítio lindo para viver mas deve ser bom ter os pés na terra de vez em quando, não ?

beijinhos

Verdinha

xistosa - (josé torres) disse...

A Terra é azul?
Todos a pintam de negro, ainda que a queiram verde.
Mas o verde está muito por baixo.
Os candeeiros a petróleo, digo lampiões, estão bem iluminados.
Os outros, ás riscas, não necessitam
Veja-se o que disse Jacinto Paixão.
Quem entra nas Antas, ou no Antro, ou lá como se chama o covil, fica privado de ver a verdade.
Se não a vir livremente, LEVA!!! como dizia o outro.

É tudo.
Espero que a Terra se transforme e não desabe por cima de ninguém ...
Seria de mau gosto para quem tanto a "acarinha".
Um abração.

valvesta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bettips disse...

Já nos cruzamos muitas vezes, em amigos e gostos comuns! Eu costumava vir visitar "este lugar de estrelas"... mas o tempo não dá para tudo e todos. Leio, vou lendo, alguns poemas soltos; e durante os meses e anos em que não esqueço a ligação, fico a fazer uma ideia dos interesses das pessoas. O que detesto é "comentar por comentar" ... prefiro ler, saborear a palavra, a ideia. Agradeço as tuas.
Abç

Anônimo disse...

molto intiresno, grazie