domingo, 10 de novembro de 2013

O ISON EM FINS DE OUTUBRO

No dia 25 de Outubro último, o cometa foi fotografado pela NASA, quando ainda se encontrava a mais de 150 milhões de quilómetros do Sol, na constelação de Leão. 
E é impossível, por enquanto, vê-lo a olho nu, tal como às estrelas da gravura.
Nessa altura deslocava-se a mais de 100 mil quilómetros/hora!
Créditos: NASA

Postar um comentário