domingo, 3 de novembro de 2013

A CONSTELAÇÃO DO ESCORPIÃO

A constelação

A constelação do Escorpião define o signo do Zodíaco (24/10 a 22/11),  do mesmo nome.
Esse agrupamento de estrelas foi identificado pelos gregos, mas também  pelos egípcios e persas, que lhe atribuíram diferentes versões mitológicas. Na versão grega, foi o Escorpião quem matou Orion.
É uma constelação muito rica em objectos diversos, sendo Antares, uma estrela supergigante vermelha, a cerca de 520 anos-luz de distância de nós, e nove mil vezes mais brilhante que o Sol, a sua estrela mais importante.
Na região do céu onde está, podemos ver diversos aglomerados de estrelas, como os M 7, M 6 e M 80, do catálogo de Messier e o NGC 6231 - um grande enxame de estrelas, muito brilhante.
De assinalar também uma estrela binária conhecida por Scorpius X-1, grande fonte de raios x, onde a estrela principal está associada possivelmente a uma estrela de neutrões ou a um buraco negro.
A versão mitológica

Postar um comentário