terça-feira, 13 de julho de 2010

HISTÓRIA BREVE DOS COMETAS


Excerto do livro a apresentar brevemente, 
na Feira do Livro da Luz (Lagos).
  .
.-
(...) No nosso país, até tempos bem recentes, eram conhecidos (os cometas) por estrelas de rabo, e alguns deles também foram relacionados com importantes factos da história deste país, como será referido, a seu tempo.
Os chineses mais remotos, viam-nos como pincéis, os hui, com que desenham as suas letras (o que é uma tradição milenar) e, como mostra a gravura que reproduzimos, certos povos guerreiros associavam as suas formas às armas que utilizavam! (fig 11)
A palavra cometa chegou até nós pelo latim – cometa, que significava cabelo longo, e pelo grego – aster kometes (astro de cabeleira). Muitos escritores clássicos a eles se referem como estrelas cabeladas, ou estrelas cabeludas..
A expressão vem do latim: stella cometa. (...)
 .
Na fig 10, o Halley representado numa das famosas tapeçarias tecidas em lã, tingidas por pigmentos vegetais e conhecidas por Tapeçarias de Bayeux, Foram encomendadas a artesãos da catedral de Canterbury para celebrar a vitória do Duque da Normandia, Guilherme, cognominado "O Conquistador", sobre o exército inglês do rei Harold II, na famosa batalha de Hastings, em 1066. Os Normandos acreditaram que o cometa que estivera no céu, lhes tinha trazido o bom presságio da vitória
Na fig 12, o cometa Arend-Roland de 1957 que atingiu um grande brilho e tinha uma anti-cauda
Postar um comentário