DILEMA

https://youtu.be/K_sAgzRbMu4

terça-feira, 4 de março de 2014

OS GRANDES ASTRÓNOMOS - CASSINI

O traço curvo que se vê no planeta, é a sombra da descontinuidade que Cassini descobriu nos anéis.

Os meios de que dispõem os astrónomos actuais são incomparavelmente mais desenvolvidos e mais diversificados, do que, digamos, nos séculos XVII e XVIII. E é espantoso como esses homens foram capazes de deduzir as estruturas físicas e o funcionamento do nosso universo próximo.
Está neste grupo, Giovanni Cassini. As suas reconhecidas capacidades, cedo o levaram à Universidade de Bolonha, apenas, com 25 anos.
Mais tarde, como não podia deixar de ser, foi catedrático.
Um dos seus primeiros trabalhos foi o de corrigir as tábuas vigentes, para o movimento do Sol. Depois descobriu que Júpiter e Marte giravam sobre si próprios e calculou esses períodos de rotação, bem como os dos movimentos dos quatro satélites de Júpiter que Galileu tinha visto, pela primeira vez, com a sua famosa luneta. Estas medições vieram mais tarde a servir a Olaf Roemer, para deduzir a velocidade da luz!
Depois de ser nomeado director do Observatório Astronómico de Paris, descobriu os quatros principais satélites de Saturno e a famosa “Divisão de Cassini”, nos anéis de Saturno. Sustentou que a luz zodiacal era de natureza extraterrestre e não meteorológica, como até então se julgava.
Calculou a distância ao Sol, com a ajuda de outro astrónomo, Richter, colocado a 10 mil kilómetros de distância, na Guiana Francesa, pelo método da paralaxe, e também a Marte e, baseando-se nas leis de Kepler, determinou as distâncias dos outros planetas, ao Sol.
Postar um comentário