DILEMA

https://youtu.be/K_sAgzRbMu4

quarta-feira, 2 de abril de 2014

HIPATIA DE ALEXANDRIA




Se nos reportarmos à Antiguidade ou aos séculos primeiros da nossa Era, também mulheres se distinguiram no campo da astronomia e outras ciências, ou artes.
É o caso de Hipatia, uma egípcia dos primórdios do século V, e que foi uma neoplatónica da Escola de Alexandria. Ela é a primeira mulher matemática, de que há memória. Também se debruçou sobre a geometria e a álgebra. Interessou-se pela oratória e pela mecânica. Inventou um dispositivo para destilar água, um outro para medir o nível da água do mar e um hidrómetro, para determinar a densidade dos líquidos.
Os astrolábios, que são instrumentos muito antigos, para determinar as posições das estrelas, foram melhorados por ela, nalgumas das suas características.
Era uma mulher austera e dedicou a sua vida ao pensamento e ao ensino. Estudou a história de todas as religiões, numa altura em que Roma adoptava o Cristianismo. 
Esta decisão por parte do imperador Teodósio, o Grande, veio a causar grandes disputas entre pagãos e religiosos. O Egípto, nesse tempo, relembre-se, era uma província romana.
Hipatia manteve-se sempre pagã, e terá sido essa sua condição que levou a que fosse assassinada, por esses primeiros cristãos do Império.

Postar um comentário