DILEMA

https://youtu.be/K_sAgzRbMu4

quarta-feira, 23 de abril de 2014

PEQUENA IDADE DO GELO


Os estudos que os cientistas têm levado a cabo, para determinar com exactidão, quando começou e acabou essa assim chamada Pequena Idade do Gelo, não levam a uma conclusão unânime.
A verdade é que se sabe que a época romana foi um período quente e se prolongou pela Idade Média. Mas aí, não sabe quando as temperaturas médias começaram globalmente a descer.
No entanto, é certo que a partir do século XVIII / meados do século XIX, o clima da Terra aqueceu, de novo.
A Pequena Idade do Gelo, foi um período de tal maneira frio, pelo menos no Hemisfério Norte que, tanto o Tamisa como o Sena gelavam. Em 1607, o rio que passa por Londres, gelou pela primeira vez e a última só aconteceu em 1780.
Ao Vikings que habitavam a Groelândia, viram-se obrigados a procurar outras paragens, já que a vegetação se transformou em tundra inóspita. O mesmo aconteceu na Islândia e na Finlândia.
As vias fluviais, como os canais e os rios, gelavam e tornava-se impossível essa tão útil via para transporte. Na América o panorama era idêntico, por exemplo em Nova York, e nos Alpes, mais a sul. 
Não se sabe bem a causa dessa descida global das temperaturas, mas há dois factores que estarão na base do sucedido:
1 - Grandes erupções vulcânicas que encheram os ares de poeiras, impedindo a penetração dos raios solares e, portanto, de calor.
2 - Poucas manchas solares, denotando uma menor actividade do Sol.
A actividade humana não era para aí chamada, e há muita gente a sustentar que ainda hoje ela tem pouco peso nestas questões…
Na Holanda gelada, em 1608. Quadro de Hendrick Avercamp (1585 - 1634)
Postar um comentário