terça-feira, 30 de agosto de 2011

M 71

O enxame de estrelas M 71 ( Messier 71, ou NGC 6838) foi descoberto por Philippe Loys Chéseuax, no ano já distante de 1780, na constelação de Sagitário.
Trata-se dum cúmulo de estrelas, fechado, relativamente jovem, a 12.000 anos-luz, de nós. 
A distância máxima entre as estrelas que o compõem, é de 27 anos-luz. 
créditos: NASA e ESA
Não é visível à vista desarmada, embora a sua luminosidade global seja equivalente a mais de 13.000 sóis!
Postar um comentário