terça-feira, 30 de novembro de 2010

RAIOS GAMA

O Universo não pára de nos surpreender.
Agora é o telescópio espacial Fermi, especialmente desenhado para detectar raios gama, que nos dá conta de que na nossa galáxia estão a produzir-se enormes quantidades desses tão energéticos raios, a partir do seu centro, onde pontifica um colossal buraco negro.
Essas emissões de raios gama saem para norte e para sul do centro da Galáxia e estendem-se por 50.000 anos luz, de uma ponta à outra. Devem ter começado há milhões de anos.
Pensa-se que foram consequência duma tremenda erupção no buraco negro mas, por ora, poucas são as certezas. Como se sabe, do buraco negro, nada pode sair, nem a luz sob que forma for: raios gama, ou outros.
              .     .           

Postar um comentário